O Islam no Brasil

Home / O Islam no Brasil

É quase impossível precisar acerca dos muçulmanos brasileiros: Há convertidos(às) emigrantes, profissionais liberais, empresários(aos), trabalhadores em diversas áreas de produção.

  Todos dando sua contribuição para o futuro do Brasil. Essa comunidade complexa está unificada para uma rede nacional de mesquita.

Os muçulmanos chegaram cedo ao Brasil. Juntamente com Cabral chegaram Chuhabiddin Ben Majid e o navegador Mussa Ben Saté. 

Quanto ao tráfico dos escravos, no século dezoito, muitos muçulmanos africanos – Housas , Falanis, Yorubás – trabalharam como escravos nas plantações.  Essas primeiras comunidades, privadas de suas heranças e familiares, inevitavelmente perdem sua identidade islâmica à medida que o tempo passava. Hoje, alguns muçulmanos afro-brasileiros desempenham um importante papel na comunidade islâmica brasileira. No início do século vinte, porém presenciou o começo de um fluxo de árabes muçulmanos, a maioria dos quais se instalou nos maiores centros industriais.

A primeira mesquita do Brasil foi inaugurada em 1956 em São Paulo; outras foram sendo construídas, e hoje há mesquitas em todas as grandes capitais dos estados do Brasil e em algumas cidades do interior.

Segundo estimativa da Federação das Associações Muçulmanas do Brasil. No país, já são mais de um milhão de muçulmanos, com 90 mesquitas e salas de oração, além de 80 centros islâmicos (fonte).

O Islam no Brasil (Prof. Samir EL Hayek)